SP: Cartório de Registro de Imóveis de Araçatuba desenvolve ações sustentáveis

SP: Cartório de Registro de Imóveis de Araçatuba desenvolve ações sustentáveis

Medidas auxiliam na reciclagem de resíduos sólidos e na neutralização da emissão de CO2
 
O Cartório de Registro de Imóveis e Anexos de Araçatuba terminou a fase de implantação de projetos sustentáveis. Entre as diversas ações estão a instalação de lâmpadas de LED e sensores de presença, que ajudam a economizar energia; instalação de sistema de reaproveitamento de água e de torneiras automáticas nos banheiros. A serventia também investiu na substituição do papel comum pelo material feito de bagaço de cana-de-açúcar, e em outras medidas de reciclagem de resíduos sólidos.
 
O Oficial de Registro de Imóveis de Araçatuba, Marcelo Augusto Santana de Melo, é diretor de Meio Ambiente da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo – ARISP, e é o responsável pelo desenvolvimento de políticas sustentáveis na associação, com o apoio da gestora ambiental, Veridiana Aguiar.
 
 
Melo já investe em medidas ambientais há alguns anos. Anualmente o cartório distribui sementes de árvores à todos os clientes. A iniciativa surgiu em 2003 e conta com o do Clube da Árvore de Araçatuba, uma associação sem fins lucrativos (Organização Não Governamental – ONG), criada o objetivo plantar e cuidar das árvores da cidade além de harmonizar a atividade humana com a conservação da biodiversidade em benefício dos cidadãos de hoje e das futuras gerações.

Segundo Melo essas ações demonstram que podemos sim diminuir o impacto que fazemos na natureza. Ele enfatiza que os registradores imobiliários também têm papel determinante nas áreas socioambientais. “Nós exercemos uma importante função socioambiental, à medida que fiscalizam a regularização administrativa das licenças ambientais concedidas em loteamentos e condomínios”, disse.

Economia Sustentável


Newsletter