Songdo: A primeira cidade inteligente e sustentável do mundo entra em fase final de construção

Songdo: A primeira cidade inteligente e sustentável do mundo entra em fase final de construção

A cidade começou a sair do papel em 2002 e deve ficar pronta em 2020,  até hoje, já consumiu 35 bilhões de dólares.

Como serão as grandes cidades do futuro?
Podemos supor com certeza que elas estarão mais cheias, e como resultado, mais propensas a engarrafamentos, poluição e problemas estruturais e sociais. Espera-se que 75% da população do mundo esteja residindo em cidades até 2050, colocando mais ênfase na infraestrutura urbana, já sobrecarregada e nos sistemas de transporte público.

Para atenuar a superlotação e o aumento do consumo, as cidades do futuro provavelmente terão que adotar tecnologias inteligentes como sistema de eliminação de resíduos pneumático que utiliza tubos para sugar o lixo das casas, enviando-o para centros de processamento que automaticamente classificam o material e o reciclam. No futuro, a cidade inteligente e sustentável transformará os resíduos em energia renovável, terá frotas de ônibus e carros elétricos autônomos e a arquitetura das casas e edifícios utilizará materiais sustentáveis e facilmente recicláveis.



Songdo na Coréia do Sul ficou conhecida como a primeira cidade inteligente e sustentável do mundo. A cidade foi construída a 15 minutos de carro do Aeroporto Internacional de Incheon (aeroporto mais movimentado da Coreia do Sul), e está entre um número crescente de comunidades urbanas que são construídas em torno de um aeroporto, e não o contrário.

Embora Songdo não está prevista para ser concluída até o 2020, a cidade é totalmente habitável e abriga cerca de 90.000 pessoas e outra 55.000 se deslocam para Songdo todos os dias para trabalhar. É uma cidade totalmente controlada via internet onde a rede sem fio monitora sistemas de semáforos, fluxo do trânsito, descarte correto do lixo e o táxi aquático, que é a novidade sustentável no transporte público. Cada residência está localizada a, no máximo, 12 minutos de uma estação de metrô, ou ônibus. Os ciclistas contam com 25km de ciclovia, que se conectam a um anel cicloviário de mais de 140 km ao redor de Songdo.

A pequena Songdo, que possui apenas 6 km de extensão, pretende ir além dos conceitos da sustentabilidade, preservação de áreas verdes e produção de energia limpa. A “Cidade Inteligente”, como é chamada, já é referência de metrópole do futuro e pretende servir de modelo e inspiração para muitas outras.

Fonte: Pensamento Verde e Isto é dinheiro
Imagens: http://english.visitkorea.or.kr


Newsletter