Pré História, descoberto fóssil de tartaruga gigante

| Tags: biologia, cartório, ciência, fóssil, meio ambiente, paleontologia, pré história, registro de imoveis, sustentabilidade Pré História, descoberto fóssil de tartaruga gigante

 Photograph: JA Chirinos/Reuters
 
Na última semana, foram anunciadas as descobertas de dois fósseis de tartaruga. Mas as coincidências ficam por aí. Acredita-se que a gigantesca Stupendemys geographicus com seus cerca de 2,5 metros de comprimento viveu, 10 milhões de anos atrás, no deserto de Tatacoa, na Colômbia. Já a minúscula Amabilis uchoensis, com pouco mais de 15 cm, encontrada em São José do Rio Preto, São Paulo, teria convivido com dinossauros gigantes há 85 milhões de anos.

Ainda nesta mesma semana, o Projeto Tamar, que atua na preservação das tartarugas-marinhas, promoveu mais uma cerimônia de soltura de filhotes. Desta vez no Bairro Atalaia, na zona sul de Aracaju.

Photograph: University of Zurich/Edwin Cadena/PA
 
Uma ótima notícia. Principalmente, se a gente lembrar que, desde agosto do ano passado, muitos animais morreram ou foram encontrados com manchas de óleo por conta do vazamento que atingiu o litoral brasileiro.
 
Fonte: Uma Gota no Oceano / https://www.theguardian.com/science/2020

Economia Sustentável


Newsletter