Mostra SP de Fotografia traz imagens impactantes sobre plástico

Mostra SP de Fotografia traz imagens impactantes sobre plástico

De 03 de julho a 04 de agosto, a Vila Madalena, em São Paulo, será ocupada pela Mostra SP de Fotografia. Em sua nona edição, a Mostra entra em uma nova etapa ao escolher uma causa como fio condutor para as vinte e sete exposições e ciclo de conversas que vão acontecer durante um mês, em vários pontos do bairro mais artístico da cidade. Com curadoria assinada pelas fotógrafas Ivana Debértolis e Mônica Maia e pelo idealizador do projeto, Fernando Costa Netto (DOC Galeria), a Mostra SP de Fotografia terá o Plástico como tema.

Apresentadas em galerias, lojas, restaurantes, escritórios de arte e muros autorizados, as exposições, escolhidas a partir de uma convocatória e de uma extensa pesquisa dos curadores, buscam chamar a atenção do público sobre o impacto negativo que o plástico tem causado ao meio ambiente.

A participação da jornalista ambiental Paulina Chamorro como curadora especial do Ciclo de Conversas, que faz parte da programação paralela da Mostra, é um dos destaques desta edição, que terá o apoio institucional da Mares Limpos / ONU Meio Ambiente, da WWF, do Ecosurf, da FAS – Fundação Amazonas Sustentável, da Liga das Mulheres pelos Oceanos e da Grin.



“Estamos vivendo um sistema de produção e descarte insano e não sustentável. Mais de 40% de todo o plástico produzido durante 150 anos foi usado uma única vez antes do descarte. São produzidas um milhão de garrafas plásticas por minuto, por exemplo. Cerca de 80% do lixo nos rios e mares têm origem nas cidades e correspondem ao lixo que não é coletado ou que não tem o destino correto. Ou seja, este é um debate urbano. Precisamos discutir circularidade, o consumo, a responsabilidade de todos. Este ano a Mostra também traz o Compromisso Mares Limpos para estabelecimentos da Vila Madalena. Queremos incentivar uma mudança de atitude voluntária em muitos locais do bairro”, diz Paulina.

Para Fernando Costa Netto, os números do impacto do plástico no meio ambiente são tão impressionantes que fazer um chamamento à fotografia brasileira foi uma decisão natural. “Vamos seguir usando os nossos canais para pressionar as empresas e denunciar.”

Entre os fotógrafos convidados, profissionais que usam também sua fotografia como instrumento de denúncia: Alê Ruaro, Andréa Barreiro, Apu Gomes, Barbara Veiga, Cássio Vasconcellos, Coletivo Rolê, Cris Veit, Diego Nigro, Doug Monteiro, Eduardo Leal, Família Schürman, Henrique Tarricone, Justin Hofman/National Geographic, Kátia Carvalho, Levi Bianco, Luciano Candisani, Luisa Dörr, Luiza Sampaio, Marcos Piffer, Michele Roth, Nathalie Bohm, Raphael Alves, Renato Negrão, Renato Stockler, Rodrigo Koraicho, Rodrigo Tomzhinsky/FAS e Yan Boechat.

Por Ciclo Vivo
 
 

Economia Sustentável


Newsletter