Como descartar termômetro de mercúrio?

Como descartar termômetro de mercúrio?

Ele pode causar intoxicação por mercúrio em caso de quebra. Conheça sintomas e saiba como fazer o descarte correto e a limpeza de um termômetro de mercúrio quebrado
O termômetro de mercúrio é um objeto que exige cuidado. Em caso de quebra, o mercúrio contido dentro do objeto será liberado e pode contaminar o ambiente externo e o usuário. O uso de um termômetro de mercúrio íntegro não representa uma ameaça às pessoas, mas se o vidro que reveste a coluna de mercúrio quebrar, é preciso um cuidado de limpeza redobrado para evitar intoxicação.

A fabricação, importação e comercialização de termômetros e medidores de pressão arterial com mercúrio está proibida a partir de 2019, assim como seu uso em serviços de saúde, conforme resolução da ANVISA RDC nº 145/2017.  A medida não afeta o uso doméstico do termômetro de mercúrio, que pode continuar sendo feito pela população, porém é preciso ter cuidado no armazenamento e na manipulação do objeto, para evitar ao máximo a quebra do vidro.

O mercúrio é um metal pesado naturalmente encontrado no ar, no solo e na água, mas cuja dispersão no meio ambiente aumentou por conta de atividades humanas como a queima de carvão e o descarte incorreto de produtos com a substância (especialmente equipamento eletroeletrônicos). Em alta concentração, o mercúrio gera intoxicação em seres humanos e contaminação ambiental.

Um termômetro de mercúrio contém uma quantidade pequena do metal, mas o contato direto com a substância pode causar desde sintomas leves, como coceira e vermelhidão na pele e nos olhos, até interferências graves no metabolismo celular, em caso de exposição prolongada.

Conheça os principais sintomas de intoxicação por mercúrio:

  • Febre
  • Tremores
  • Reações alérgicas na pele e nos olhos
  • Sonolência
  • Delírios
  • Fraqueza Muscular
  • Náuseas
  • Cefaleia
  • Reflexos Lentos
  • Memória falha
  • Mau funcionamento dos rins, fígado, pulmão e sistema nervoso

Assim, em caso de quebra, é importante tomar alguns cuidados na hora da limpeza, para evitar o risco de intoxicação por mercúrio. Use luvas e máscaras de segurança para seguir o passo a passo indicado pela Anvisa na hora de fazer a limpeza de um termômetro de mercúrio quebrado:
 
  • Isolar o local e não permitir que crianças brinquem com as bolinhas de mercúrio;
  • Abrir as janelas para arejar o ambiente;
  • Recolher com cuidado os restos de vidro em toalha de papel ou luvas e colocar em recipiente resistente à ruptura, para evitar ferimentos;
  • Localizar as “bolinhas” de mercúrio e juntá-las com cuidado, utilizando um papel cartão ou similar, evitando contato da pele com o mercúrio. Recolher as gotas de mercúrio com uma seringa sem agulha. As gotas menores podem ser recolhidas com uma fita adesiva;
  • Transferir o mercúrio recolhido para um recipiente de plástico duro e resistente ou vidro, colocar água até cobrir completamente o mercúrio, a fim de minimizar a formação de vapores de mercúrio, e fechar o recipiente;
  • Identificar/rotular o recipiente, escrevendo na parte externa “Resíduos tóxicos contendo mercúrio”;
  • Não usar aspirador, pois isso vai acelerar a evaporação do mercúrio, assim como contaminar outros resíduos contidos no aspirador.

Como o mercúrio aparece no estado líquido em temperatura ambiente, o ideal é recolher o metal com uma seringa sem agulha e colocá-lo em um recipiente plástico contendo água - a água reduz a possibilidade de evaporação do mercúrio. Os materiais usados durante o procedimento, como luvas, máscaras e seringas, também deverão ser acondicionados em embalagens rotuladas e não devem ser descartadas em lixo comum.

Segundo o Instituto Akatu, o Disque Intoxicação, da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), recomenda descartar termômetro de mercúrio nos pontos que recebem pilhas, baterias e lâmpadas fluorescentes, já que as empresas que fazem o recolhimento são especializadas em separar e reciclar metais tóxicos. Certifique-se de guardar o termômetro de mercúrio em sua embalagem original ou outra similar, para evitar que ele se quebre. Confira os Pontos de Descarte no mecanismo de busca gratuito do Portal eCycle e procure ligar para os Pontos antes para saber se eles realmente aceitam esse tipo de material.

Por outro lado, se você quiser se desfazer de um termômetro de mercúrio ainda inteiro e funcional, espere mais um pouco. O Ministério da Saúde e a Anvisa pedem que os usuários mantenham esses objetos em suas casas temporariamente, já que em breve serão divulgados pontos de recolhimento, onde será possível fazer o descarte correto de termômetros de mercúrio e medidores de pressão com o metal pesado.
 
Por eCycle

Economia Sustentável


Newsletter