Bill Gates exibe vaso sanitário que não usa água nem esgoto

Bill Gates exibe vaso sanitário que não usa água nem esgoto

Conhecido como cofundador da Microsoft e uma das pessoas mais ricas do mundo, Bill Gates tem, também, um vasto trabalho envolvendo filantropia e sustentabilidade. Sua mais recente iniciativa nesse sentido foi apresentada em Pequim, China; trata-se de um vaso sanitário capaz de transformar dejetos humanos em fertilizantes.



O equipamento foi financiado pela Fundação Bill e Melinda Gates e levou anos até ser completamente desenvolvido, com peças fabricada em diversos países. Ele trabalha sem água nem esgoto e separa os dejetos sólidos dos líquidos.

“O vaso sanitário atual simplesmente manda os dejetos embora na água, enquanto esses vasos sanitários não têm o esgoto”, explicou o ex-executivo da Microsoft em entrevista à Reuters. “Eles recebem os dejetos líquidos e sólidos e fazem um trabalho químico neles, o que inclui queimá-los na maioria dos casos. ”

O novo sistema deve resolver oi problema do saneamento do planeta, porém, ainda com o custo muito alto, cerca de 10 mil dólares a unidade. 

Durante o evento realizado no país asiático, Bill Gates confirmou que unidades do vaso já podem ser comercializadas, mas não deu maiores detalhes sobre quando exatamente começam as vendas nem mesmo em que locais do mundo elas serão disponibilizadas. O mais provável é que a Fundação Bill e Melinda Gates busque parcerias para reduzir significamente os custos e assim, levar o produto até regiões do planeta com acesso escasso à água e sem saneamento básico.

Por: Sustentabilidade ARISP e Tecmundo.com.br

Economia Sustentável


Newsletter